inconsistência leve

domingo, 1 de maio de 2011

Quando a voz da alma declama





Nesse chão de estrelas caídas
Estão todos os meus sentimentos
E figuram enterradas, escondidas
As tenras origens dos meus sofrimentos

Já não me pergunto o certo motivo
Não mais questiono a verdadeira razão
Pois a vida é um desafio, um incentivo
A tornar mais forte qualquer coração.

E se hoje me vejo com o coração apertado
E novamente encaro o caminho das linhas traçadas
Sei que o Senhor continua ao meu lado
E me conduz a consertar minhas escolhas erradas

E em meio à tempestade das emoções contidas
De Sua misericórdia se faz brotar a luz e os versos
Pois presentes nas palavras com a alma escolhidas
Estão os sentimentos em profundo amor imersos.

Bela

10 comentários:

Fernand's disse...

nas tempestades surgem as grandes calmarias.



bjsmeus

Jasanf disse...

Belo poema entremeado de rimas ricas e paralelas. Adoro concertos de palavras ritmadas. Bom domingo!
Abraço fraterno,
Jasanf.

Carla Fernanda disse...

Tentativas de acertos não são erros.
Lindo!!
Beijos!!
Carla

MARILENE disse...

Se todos tratássemos nossos denominados problemas apenas como desafios, seria mais fácil transpô-los. Há sempre uma luz divina para quem se dispõe a sentir sua claridade. Quando ouço a palavra "problema", ela me soa tão pesada, me dá a sensação de que não houve a busca do auxílio certo,
aquele que você encontrou em seu poema.

Bjs.

Vozes de Minha Alma disse...

OI Bela.
Este lindo poema nos faz refletir sobre nossa vida e os desafios que ela nos apresenta.
É sim nas tempestades, que podemos achar a calmaria para nos resguardar.
Na Misericórdia do Senhor, nela encontramos o alento, o aconchego.
Um abraço menina, beijos em teu coração.

Poetas Insanos disse...

Belo poema...
Vejo a coragem frente aos obstáculos, a força e a fé.
''Pois a vida é um desafio, um incentivo a tornar mais forte qualquer coração''.
Parabéns!

Van disse...

aceitar os desafios, aprender com eles, saber-se amparada,não se entregar aos sofrimenrtos, antes sentir-se forte exatamente por que eles existem, amar.

Esta que você descreveu, Bela, para mim é a melhor forma de viver.

Beijos grandes e boa semana.

Seu poema é lindo!

MARILENE disse...

Fiquei honrada por tê-lo levado.
Bjs.

Denise Oliveira disse...

olá!
que lindo esse poema,
parabéns!
=)
beijos

Van disse...

Obrigada pelo carinho, Bela

Beijos!