inconsistência leve

domingo, 3 de abril de 2011

Quando se é jovem




Quando se é jovem, quanta besteira não se fala?
E diversos são os ideais que se acredita com a mais pura convicção.
Tantos caminhos sinuosos... tanta coisa errada....
Tantos verbos audaciosos: Eu acredito, eu falo, eu vou....
E tanta primeira pessoa junta...

Quando se é jovem, tem-se muita vontade e pouca experiência
Mas viver tem como consequência ensinar que nem tudo que parece é...
E os verbos antes audaciosos, são levados pela correnteza da vida e se tornam implacáveis
O eu acredito, se torna hoje eu sei
O eu falo, se torna antes eu reflito
E o eu vou... o eu vou se torna já voltei...

Voltei e vi que nada daquilo que eu acreditava ser tão verdadeiro, realmente era.
E tantas realidades que eu sonhei serem sublimes,
Tragaram-me cruelmente para a sua real existência
E me levaram a entender que perfeito são só os sonhos....
E, às vezes, nem mesmo eles....

Se enganar é algo tão natural na juventude....
De engano a engano vai se construindo a sapiência
E aquele olhar petulante de dono da verdade, e, porque não, de dono do mundo
Com o tempo, transforma-se em um espelho da admissão dos próprios erros
E em humildade para reconhecê-los.

6 comentários:

Johnny Madrid aka Tim E. disse...

See,that's why you are awesome! I would love for you to guest post a poem on my blog. I'm going to keep asking (i'm feeling a little bold today).
Bela, I salute you! Keep writing this fine writing of yours. :)

Carla Fernanda disse...

Querida a juventude é maravilhosa e tem muitos encantos que depois o tempo leva também. Chamo os erros `de tentativas de acerto. Fica melhor porque ninguém erra porque quer ou gosta, mais tentando acertar ou ser feliz. É que precisa acontecer de tudo para depois, a gente ter histórias para contar.
lindo o seu comentário no meu blog. Seja bem-vinda!
Beijos,
Carla Fernanda

Carla Fernanda disse...

Sou sua seguidora. Gostei daqui, da sua Inconsistência Leve.
Beijos!!

Vozes de Minha Alma disse...

Bela, primeiro quero agradecer tua visita honrosa e sempre com palavras de apreço.
A recíproca é verdadeira e gosto de vir aqui dar meus pitacos, rsr
Ahhh, Bela... quando jovem a gente mete os pés pelas mãos, as mãos pelos pés, quer dar o passo maior que as pernas, quer abarcar o mundo com os dois braços...
E te digo uma coisa: AINDA TÔ APRENDENDO!!! rsr
Não sou mais o jovem de antes, mais ainda dou minha mancadas, viu?
As vezes dói, e como dói...
Um abraço afetuoso do teu leitor, bjs em teu coração.

Van disse...

Sabedoria: uma soma de muitos erros com um olhar proveitoso sobre eles, pois há o erro esperdiçado tbm aquele com o qual se nega aprender

Beijos Bela

Thiago Brito disse...

Nossa, seu blog é maravilhoso, gostei de tudo que li por aqui, parabens mesmo, vc escreve muito bem!

Te seguindoo
Quando puder passa la no meu e vê o que acha!!

Bjoss

http://essenciaego.blogspot.com/